Site icon Marketing por Dados

O que são Soft Skills e porque se tornaram habilidades desejadas no mercado?

O que sao Soft Skills e porque se tornaram habilidades desejadas no mercado - O que são Soft Skills e porque se tornaram habilidades desejadas no mercado?

Nunca se falou tanto em inteligência emocional. A pandemia causada pelo novo Coronavírus intensificou a necessidade de olharmos para as questões comportamentais no mundo corporativo.

Independentemente da área de atuação, é preciso adquirir habilidades que vão além das competências técnicas. Neste post, vamos falar sobre o que é preciso para um  profissional de marketing estar acima da média no mercado de trabalho.

De nada adianta estar atento às novas tecnologias, se não tiver características importantes relacionadas às competências emocionais. Aqui, o desenvolvimento das principais Soft Skills colabora com a relação interpessoal, fazendo com que o profissional de marketing consiga atingir os melhores resultados.

Mas o que são Soft Skills? Continue a leitura e entenda o que são e como essas habilidades podem ajudar você a se destacar no mundo do Marketing Digital.

Boa leitura!

O que mudou no marketing nos últimos anos?

Por volta de 2010, a automação do marketing e a abundância da tecnologia começaram a mostrar as caras aqui no Brasil. Esse movimento acabou disponibilizando (e disponibiliza) milhares de ferramentas que dão ao profissional de marketing inúmeras possibilidades que, muitas vezes, são desperdiçadas.  E nesse universo cada vez mais tecnológico, você, como um profissional da área precisa entender que a tecnologia é o meio e não o fim da estratégia.

Não fique preso ao passado, esteja atento a todas as mudanças para utilizar o marketing na conexão com pessoas. Além disso, tenha os dados como um forte aliado para a entrega de bons resultados. Portanto, a dica é: desenvolva habilidades mais subjetivas – que ajude você a lidar com pessoas e suportar (no bom sentido) um ambiente sob pressão – e esteja em constante aprimoramento para unir o seu conhecimento em marketing com o que a área de exatas tem de melhor.

Suponhamos que você esteja em um momento delicado, sofrendo pressão dos seus superiores e precisando tomar uma decisão assertiva, que não o leve a um arrependimento futuro. Você, como um profissional de marketing, tem inteligência emocional e resiliênciapara lidar com esse tipo de situação? Você é capaz de tomar boas decisões mesmo estando sob pressão?

Existe hoje (e cresce exponencialmente) uma quantidade imensurável de informações e marcas que querem atingir os clientes a todo o custo. Isso aumenta a competitividade e o leque de opções para o público. Por que a sua marca ou produto seriam escolhidos? A verdade é que não está tão fácil se destacar: é preciso ter algo a mais em comparação aos concorrentes.

As competências subjetivas estão intimamente relacionadas com a personalidade do profissional de marketing, e acabam sendo mais difíceis de serem desenvolvidas do que as competências técnicas. E é por esse motivo que as Soft Skills estão tão valorizadas pelas empresas nos últimos tempos. Para elas, uma pessoa precisa ser resiliente ao lidar com diferentes situações no ambiente de trabalho, inclusive em momentos de pressão e resolução de problemas.

Combinado a isso, o marketing moderno passa por um alinhamento direto com vendas, dando origem a um novo termo: o Vendarketing, que você pode entender melhor lendo este artigo sobre o assunto.

O marketing se torna parte crucial do processo de vendas, sendo um protagonista na estratégia de prospecção e atração de clientes.

 E o que isso tem a ver com você?

Exigências e necessidades do mercado de trabalho para o profissional de Marketing

A exigência em relação ao profissional de marketing aumenta a cada dia que passa. Isso não é à toa, já que os consumidores estão apresentando demandas complexas que necessitam de soluções ágeis para seus problemas. Agora é o momento de investir em estratégias de Inbound Marketing e acompanhar minuciosamente os resultados.

Um meio para você garantir bons resultados e ascender no mercado de trabalho pode ser o desenvolvimento de características, como criatividade e inovação, consideradas comuns nessa área. São esses pilares que vão fazer com que o consumidor se interesse pelo seu produto e não pelo produto ou serviço do concorrente.

Calma, não é só disso que é feito o profissional de marketing digital moderno. Mas, mexa-se! O leque de oportunidades para a atuação de um profissional de marketing está aumentando assustadoramente.

Imagine que uma das principais funções do marketing atualmente está no foco no usuário. De olho nisso, os profissionais passaram a estudar User Experience e User interface (UX e UI) para desenvolver conteúdo e design que sejam mais atrativos aos olhos do usuário. Por isso, esses profissionais estão caindo no gosto das grandes corporações.

Para que o usuário tenha uma boa experiência, é necessário entender como ele interage com o seu conteúdo, monitorando o engajamento e descobrindo o que o motiva e quais são as suas dores. Tudo isso para saber qual é o momento certo de dizer exatamente o que ele quer ouvir. Ficou claro?

Outro fator muito interessante e que merece destaque é o conceito de marketing holístico. Ele traz uma visão do marketing que considera todas as partes de um negócio como uma única entidade. Isso faz com que os departamentos fiquem interrelacionados e que todos eles sejam responsáveis pelos resultados e a forma com que o público-alvo enxerga a empresa.

Com todas essas características, não podemos finalizar esse tópico sem mencionar o poder que uma negociação bem-sucedida tem. Essa é uma importante vantagem competitiva na hora de fechar um negócio, que só se desenvolve se você tiver confiança no que está vendendo.

Para isso, esteja sempre preparado, se comunique para chegar a um acordo e não “ganhar” ou “perder”. O poder de negociação está naquele que consegue entrar em um relacionamento de igualdade – com cliente, fornecedor ou parceiro – para que todos saiam satisfeitos.

O novo perfil do profissional de Marketing 

Se estamos alinhados até aqui, você já deve estar se perguntando: “Então, como estabelecer um perfil para um futuro em constante transformação e que já está acontecendo?” Não existe fórmula mágica para chegar ao sucesso imediato. Quando falamos de Marketing Digital, é preciso entender que as ações são executadas pensando em resultados a longo prazo e não em um ilusório crescimento instantâneo.

Atualmente, as empresas têm o profissional de marketing como um dos perfis mais estratégicos dentro da equipe. E isso é bom, pois este profissional é contratado para construir pontes entre os clientes e a empresa. O problema é que muitas dessas empresas ainda não entendem como funciona o processo de marketing, olhando apenas para a etapa dos resultados. Sem um planejamento estratégico adequado, esperam que o profissional – como que por um milagre – salve a empresa em poucos meses, colocando sua eficiência em xeque quando o resultado não aparece tão rápido.

Afinal, como alcançar diferentes visões de mundo e pontos de vista? Como considerar estilos de vida que estão cada vez mais complexos e traduzir tudo isso em uma estratégia de marketing eficaz?

Você e a sua equipe não precisam pensar em tudo sozinhos. A tecnologia está cada vez mais a nosso favor e, para a nossa alegria, podemos contar com a chegada do marketing guiado por dados, conhecido como Marketing por dados. Os dados fortalecem e facilitam decisões através do embasamento de estratégias em métricas confiáveis levantadas previamente.

Leia também:Análise de dados: o que mudou desde os anos 2000?

Por isso, você, que deseja ser um profissional de marketing diferenciado, precisa ter perfil analítico capaz de interpretar tais dados, ficando ciente das possibilidades e dos resultados reais que pode atingir. Fazendo as perguntas certas, a extração de dados é melhor direcionada tornando o trabalho valioso e servindo como uma fonte na hora de elaborar uma estratégia de marketing. Pense nisso.

Como você pode se preparar?

Deu para perceber que o profissional de marketing, mesmo sendo uma peça-chave dentro das empresas, não consegue resolver tudo sozinho, certo? É aí que entram as habilidades interpessoais ou, como já vimos, as Soft Skills. Essas habilidades têm vantagens não só profissionais, mas impactam positivamente também no campo pessoal.

Para que elas sejam desenvolvidas, você precisa, antes de tudo, se conhecer muito bem e saber quais pontos necessitam de aprimoramento. Entenda qual é a sua zona de conforto e fuja dela! Se você prefere trabalhar sozinho, procure projetos em que seja obrigado a trabalhar em equipe. Desafiador? Muito.

Mas é onde estará o seu diferencial. O mundo muda todo dia e, cá entre nós, você não tem muita escolha. Encontre nos seus colegas as referências que deseja desenvolver em si mesmo e peça feedback quando estiver tentando melhorar em algum quesito.

Quer entender melhor? Selecionamos 5 Soft Skills bastante solicitadas hoje em dia que podem ajudar você a compreender qual é o profissional visado pelo mercado. Veja:

1) Comunicação assertiva

É de extrema importância que você se comunique claramente com seus pares e clientes, falando e escutando de modo empático. Essa habilidade garante resultados mais certeiros, evitando retrabalho, além de contribuir para a melhora dos relacionamentos. Parece fácil, mas nem tanto. Ela precisa ser realmente levada a sério.

2) Pensamento crítico

Esteja apto para encontrar e solucionar problemas, e isso fará uma grande diferença na hora de tomar decisões. Essa habilidade também é a que vai fazer você conseguir diferenciar quais informações são relevantes ou não. Com o excesso de tecnologias e informações, ter pensamento crítico pode determinar o sucesso ou seu fracasso profissional.

3) Atitude positiva

Mantenha uma atitude leve, que motive a si mesmo e os outros a se manterem positivos (principalmente em momentos conturbados).

4)  Criatividade

Se empenhe em encontrar resultados que não são esperados, combinando conhecimento de diferentes áreas ao olhar para o mundo e perceber coisas que passaram despercebidas pelos olhos dos outros. Isso fará com que você resolva os problemas de forma mais criativa.

5) Inteligência Emocional

Saiba lidar com suas emoções e as emoções dos outros para facilitar o alcance de seus objetivos. Essa Soft Skill está bastante relacionada com a forma com que você reage às diferentes situações e quais emoções são expressas (alegria, medo, raiva etc.).

Em relação aos conhecimentos técnicos (e pensando que o cliente está no centro de tudo), é bom que você se prepare para as mudanças. Pesquise, aprenda e se informe constantemente. Não tenha medo de precisar “desaprender” e reaprender quando for preciso. Dedique tempo e disciplina para estudar e se aprofundar nas transformações do marketing, pois é certo que se você não fizer, o seu concorrente certamente o fará.

Alvin Toffler (Sociologista, futurista e escritor) disse algo que faz total sentido nos tempos atuais: “Os analfabetos do século XXI não são aqueles que não sabem ler e escrever, mas são aqueles que não sabem: aprender, desaprender e reaprender”.

Conclusão

A vastidão do campo para o profissional de marketing digital mostra o quanto é importante estar em constante aprimoramento das habilidades técnicas multifocais e emocionais para alcançar resultados consistentes e duradouros.

Apesar de serem extremamente essenciais, sozinhas as habilidades técnicas não garantem o emprego dos sonhos no marketing moderno. É um conjunto de fatores que farão você se destacar e, em um futuro bem próximo, facilitar o caminho até o seu objetivo.

Bons resultados dependem de uma combinação equilibrada entre as Soft Skills e as Hard Skills. 

Esperamos que este post tenha feito sentido para você. Visite o nosso blog e leia outros conteúdos sobre marketing, marketing digital e marketing de dados.

 Um abraço e até a próxima!

Sair da versão mobile