Site icon Marketing por Dados

O que são métricas e como implementá-las em sua empresa?

métricas

Muitas pessoas não conhecem a real importância das métricas, e medir o sucesso das suas estratégias é tão importante quanto executá-las corretamente.

No mundo corporativo, sai na frente quem tem a coragem de se reinventar. Mas, como fazer isso da maneira correta e com segurança? É preciso contar com boas estratégias, planejamento, metas bem definidas e, claro, acompanhamento contínuo das métricas corretas.

Métricas de marketing digital são utilizadas para medir os resultados das suas ações, mostrando os erros e em qual direção você deve seguir. Assim, você consegue entender o histórico da sua empresa e identificar o impacto das decisões nos resultados.

Se você não sabe por onde começar, continue a leitura deste artigo. Vamos ajudar você a entender melhor o que são métricas e por que você deve adotá-las na sua empresa.

Boa leitura!

O que são métricas?

As métricas são dados que medem quantitativamente o sucesso da execução de uma atividade, ajudando você a entender o que dá certo (ou não) no seu trabalho. Elas precisam ser o ponto de partida para qualquer estratégia de negócio.

Por isso, antes de iniciar qualquer plano, é preciso entender bem o que são métricas e qual a mais adequada para determinada ação. As ferramentas de análise de dados possibilitam mensurar, monitorar e avaliar seus processos estratégicos, de uma maneira simples, clara e objetiva.

Com o tempo, você vai conseguir avaliar melhor as métricas de desempenho das ações e fazer comparativos para tomar decisões mais assertivas. Mas, para escolher a métrica certa, você precisa definir previamente o que você quer e o que medir.

Veja estes exemplos

Para você entender melhor o que são métricas, veja um exemplo de aplicação nas redes sociais:

O alcance representa o número de pessoas que entraram em contato com uma publicação. Mesmo que alguém visualize um post por 3 vezes, por exemplo, ele será contabilizado como usuário único.

Já nas impressões, contabilizamos quantas vezes o post foi exibido para o usuário. Somam-se todos os números, inclusive nos casos em que o mesmo usuário visualiza o conteúdo mais de uma vez.

Nos relatórios de análise das métricas, é possível verificar se as impressões são iguais, maiores ou menores do que o número de pessoas alcançadas. A partir daí, você consegue direcionar melhor sua estratégia de conteúdo.

Se precisar de dados sobre quantas pessoas realmente se engajaram com o conteúdo, basta usar a métrica de engajamento. Uma auxilia a outra, tudo depende do seu objetivo final. Por isso, é importante ter metas definidas antes de começar a mensurar.

Métricas no Marketing Digital

Utilizar as métricas de marketing é a melhor maneira de planejar as próximas ações de qualquer empresa. Afinal, elas são responsáveis por mensurar o sucesso de todo o trabalho de Marketing Digital no seu negócio.

Sabemos que os resultados dependem muito da exatidão das decisões que são tomadas pelo gestor. Caso não tenha ferramentas que o ajudem a analisar os dados para guiar os próximos passos, as chances de não obter sucesso são grandes.

Com os dados disponíveis, os profissionais conseguem estudar e registrar cada etapa de uma ação de forma segura e, assim, fogem dos achismos em momentos importantes. Isso permite também monitorar e comparar o trabalho de forma prática e direta.

De acordo com a Social Media Trends, 25% das empresas brasileiras não analisam nenhuma métrica em suas estratégias. Isso significa que estão desperdiçando tempo e dinheiro, sem saber se seus esforços estão ou não dando resultado. É bom que a cultura do achismo no mercado digital brasileiro fique, definitivamente, no passado. Para o bem das empresas que desejam expandir seu mercado.

Uma das grandes vantagens do Marketing Digital é justamente possibilitar análises de dados mais precisos, ou seja, métricas que demonstram com clareza os resultados de uma estratégia desenvolvida na web.

Existem vários outros aspectos que merecem análise. Por isso, saber usar e examinar as métricas em todas as etapas do funil de marketing é tão importante.

Não basta, por exemplo, uma campanha atingir boa parte do seu público-alvo se os números não refletirem o aumento nas vendas. As ferramentas existem para simplificar esses dados, de forma que você consiga visualizar e entender o que está acontecendo.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre as métricas e dados essenciais para o sucesso em marketing digital.

Conheça algumas das principais métricas de marketing:

Atração

Atrair a audiência para os seus canais de marketing é o primeiro passo. É importante que você entenda como usar as informações encontradas para otimizar a atração de novos visitantes.

Número de visitantes recorrentes

Essa métrica analisa os visitantes que entraram no seu site e depois retornaram. É importante para identificar quais ações fazem o seu público voltar. Por exemplo, se a maioria dos usuários que resolveram voltar estiver sendo direcionada ao blog, significa que o conteúdo prendeu a atenção deles.

Se esse número cair, é o momento de você reavaliar e buscar no histórico com qual tipo de material você alcança melhores resultados. A métrica de número total de visitas também é importante, mas precisa ser combinada com outras análises para obter um valor real.

Fontes de tráfego

De onde os visitantes vêm quando acessam sua página? É o que essa métrica vai mostrar. Você vai identificar quais páginas estão levando os usuários ao seu site, se são perfis nas redes sociais, blog posts etc.

Assim, é possível aperfeiçoar os canais que não estão atraindo tanto tráfego e investir mais nos que apresentam melhores resultados. O Google Analytics é uma ótima ferramenta para mostrar de onde seus visitantes vieram e até os dados demográficos sobre eles.

Conversão

As métricas desse modelo vão te ajudar a entender quantos dos visitantes estão se tornando leads qualificados. Para que eles se tornem clientes, os seus mecanismos de conversão devem ser eficientes.

Taxa de cliques

Conhecida como Click Through Rate ou apenas CTR, é uma ótima maneira de medir o sucesso das suas campanhas de e-mail marketing e de anúncios pagos. Assim, você consegue otimizar suas campanhas.

É possível ver a proporção de usuários que clicaram no conteúdo dos e-mails com relação aos que o abriram. Já no caso dos anúncios patrocinados, quanto maior for o seu CTR, menor será o custo por clique, o que pode significar mais visitantes por um preço menor.

Taxa total de conversão

É muito importante acompanhar essa métrica para ter uma noção mais ampla de toda a sua estratégia ao analisar cada fase da jornada de compra. Você pode utilizar o Google Analytics para definir objetivos específicos e mensurá-los separadamente.

A conversão é cada passo que o visitante dá para se tornar cliente, como: baixar e-book, assinar newsletter ou se inscrever em um webinar, por exemplo. Você deve analisar o número de conversões e resolver os problemas, caso seja um número baixo.

Receita

O resultado financeiro da sua empresa é muito importante, certo? As métricas de retenção ajudam nessa tarefa e o acompanhamento pode ser feito para saber se os investimentos aplicados realmente estão valendo a pena.

Custo de aquisição por cliente (CAC)

Essa é a métrica que vai informar quanto custa converter um lead em cliente. Para calcular o CAC, basta somar todas as suas despesas com marketing (em um determinado período) e comparar com os resultados conquistados.

Um exemplo: em dois meses, o investimento foi de R $5.000,00 e o número de clientes conquistados foi 10. Isso daria uma média de R$2.500,00 gastos e 5 clientes conquistados por mês. O seu CAC seria de R$500,00. A partir disso, é possível ver se o valor encontrado é aceitável ou não.

Retorno sobre investimento (ROI)

O ROI é a métrica financeira mais comum do marketing digital, provavelmente você já ouviu falar dele. É assim que você irá descobrir o quanto o seu esforço está gerando lucro para a empresa.

O seu cálculo é simples, siga a fórmula: ROI = receita – custo do investimento/custo do investimento.

Por exemplo, o gasto total foi de R$8.000,00 com sua estratégia de marketing, e teve R$10.000,00 de receita. A conta fica: ROI = 10.000 – 8.000/8.000 ROI = 2.000/8.000 ROI = 0,25. Seu retorno, nesse caso, seria de 0,2 (ou 20%) sobre o valor investido.

Como definir métricas para sua estratégia

Para mensurar e avaliar o desempenho das táticas escolhidas é preciso ter em mente um propósito bem claro. Depois disso, você encontrará diversas formas de medir o seu progresso.

Faça uma lista de métricas e registre a importância de cada uma delas. Assim, você consegue entender quais são indispensáveis para sua estratégia e pode acompanhá-las pontualmente.

Veja alguns exemplos de diferentes canais que podem melhorar a performance medindo as métricas e indicadores:

E-commerce

As métricas para e-commerce são capazes de dizer todos os resultados que a loja virtual apresenta relacionados à sua performance estratégica. Ao analisar esses resultados, é possível obter dados, traçar metas e avaliar o desempenho do negócio.

As métricas também estão relacionadas à previsibilidade, pois você consegue prever o futuro do negócio, além de reduzir custos e entender muito a respeito do seu público. O marketing por dados garante que você tome decisões seguras e bem estruturadas para aumentar as chances de sucesso.

Blog

Existem muitas métricas específicas que mostram como está a performance do seu conteúdo. Os blogs são canais de comunicação bastante utilizados por empresas de diversos segmentos.

Com a concorrência alta, sua estratégia precisa ser ainda mais assertiva. O consumidor busca conteúdos de qualidade, e seu comportamento muda frequentemente. Por isso, é preciso analisar essas mudanças.

O blog é um ótimo espaço para construir um relacionamento com seus potenciais clientes. Para criar conteúdos estratégicos, mensure os resultados obtidos com todo o trabalho feito.

Redes sociais

As redes sociais são ótimas ferramentas de divulgação. Com o alcance que elas oferecem, você pode direcionar novos visitantes para o site, alcançar leads e encontrar potenciais clientes.

Para isso, é importante acompanhar os resultados das ações através das métricas de redes sociais. E diferencie os indicadores-chave das métricas de vaidade (números elevados que, geralmente, não ajudam na tomada de decisão, nem representam a saúde da empresa).

Por exemplo:

São dados importantes. Mas, suas estratégias e decisões não devem ser orientadas somente com base nessas informações, pois nem sempre representam, de fato, o sucesso de uma campanha.

As redes sociais possuem particularidades e todas contam com uma área de análises.

1. Instagram

Entender as métricas do Instagram é importante para usá-las a seu favor. O Instagram Analytics é simples, mas disponibiliza dados relevantes.

Nele, você consegue ver as impressões, alcance, seguidores, visualizações do perfil e algumas métricas mais específicas, como cliques no site. Você também consegue verificar as publicações mais populares do período analisado.

2. Facebook

A ferramenta de análise do Facebook é chamada de Facebook Insights. Nela, você encontrará as principais métricas da rede social, podendo analisar diversos fatores, como: ações na página, visualizações, curtidas, alcance, envolvimento, mensagem e vídeos.

3. Linkedin

Com mais de 562 milhões de usuários em 200 países, o LinkedIn é a principal rede profissional do mundo e, por isso, é importantíssima para estratégias de marketing B2B.

O Analytics do LinkedIn oferece diversos recursos com dados muito importantes. A análise de performance de cada uma das suas publicações mostra com quem você está falando e a demografia dos seus seguidores.

Se quiser aprender mais sobre o assunto, acesse o artigo: 5 métricas do LinkedIn que você deve acompanhar.

4. Pinterest

O Pinterest dispõe de um Analytics similar aos das outras redes sociais que já citamos. Ele fornece métricas gerais de alcance e do crescimento do perfil. Você também pode investigar mais a fundo suas impressões, dados de pins salvos, cliques para seu site e os interesses do seu público-alvo.

Ferramentas de mensuração

Para mensurar resultados é necessário conhecer as ferramentas que fornecem os dados — que devem ser analisados para obter insights relevantes e otimizar as campanhas. Algumas já são normalmente utilizadas e nós também recomendamos. 

Veja:

Google Analytics

O Google Analytics é uma das ferramentas gratuitas do Google que permite acompanhar os fluxos de navegação e interações nas páginas de uma empresa, como o seu site.

Muito utilizada pelos profissionais de marketing, ela dá acesso às principais métricas. Seu relatório mostra a origem dos visitantes, o que acessam com maior frequência, o fluxo até a compra e outros dados.

Google Search Console

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita que fornece informações sobre como o Google visualiza o site, possibilitando que você melhore o seu desempenho de várias maneiras diferentes.

Funciona como um diagnóstico geral sobre a quantidade de páginas indexadas, principais palavras-chave no console de pesquisa, número de exibições mensais e até cliques de acordo com as palavras-chave.

SemRush

O SemRush é uma ótima ferramenta para avaliar resultados das estratégias de conteúdo no Google. É essencial para trabalhar e otimizar a visibilidade digital da sua empresa.

Ela inclui relatórios completos sobre indexação do site, ranqueamento, revela aumento ou diminuição de palavras-chave e outros dados que norteiam o aperfeiçoamento do conteúdo. Também permite comparar o desempenho dos competidores, analisar o site e o conteúdo da concorrência.

A importância das métricas para o seu negócio

A equipe de marketing se preocupa em gerar mais tráfego e engajamento para qualificar os leads e aumentar as vendas, sem aumentar os gastos da empresa. É preciso saber o que deve ser melhorado para obter os resultados almejados.

É, então, que entendemos o que são métricas e a sua importância no gerenciamento de qualquer negócio. São elas que ajudam a definir aonde a empresa quer chegar e a perceber se você está no caminho certo.

As métricas também ajudam a definir metas de equipe. O ideal é que elas sejam claras e quantificáveis, para alinhar todos os profissionais em torno de um único objetivo. No final do processo, você também pode avaliar a execução, já que elas indicam se o seu time alcançou as metas traçadas no planejamento.

Se quiser ter sucesso nos próximos passos, você precisa medir o que está sendo feito hoje. Só assim terá dados precisos para encontrar possíveis falhas, identificar oportunidades e otimizar as estratégias atuais. Desse modo, os riscos de fazer escolhas ruins se tornam muito menores.

Métricas x KPIs

Quando perguntamos o que são métricas, normalmente aparecem respostas sobre KPIs (Key Performance Indicators) ou Indicadores Chave de Performance. Os dois mensuram a performance da empresa na execução das suas estratégias, mas não são a mesma coisa.

Enquanto as métricas são informações sobre uma ação, os KPIs são os resultados de alguma ação. Assim, um dá continuidade ao outro. Por exemplo, a quantidade de colaboradores da sua empresa é uma métrica. O custo médio de cada empregado (valor total da folha de pagamento / quantidade de colaboradores) é um KPI.

Os indicadores usam as métricas como base para fazer análises mais aprofundadas sobre os resultados obtidos em alguma estratégia específica. Ou seja, todo KPI é uma métrica, mas nem toda métrica é um KPI.

Os principais tipos de KPIs são:

Esses indicadores permitem uma compreensão mais clara sobre o desempenho de qualquer empresa.

Conclusão

Então, entendeu porque as métricas são indispensáveis para a sua empresa? É preciso utilizar dados sólidos e criar estratégias precisas para vencer a concorrência e expandir sua atuação no mercado.

Você tem importantes aliados, como o Marketing por Dados e o Marketing Digital, para fazer isso acontecer.

Agora que você sabe o que são métricas e como implementá-las, leia também 6 métricas que trarão um diferencial competitivo para sua empresa.

Um abraço e até a próxima!

Sair da versão mobile