Tendências de marketing digital para 2018: descubra o que seu negócio não pode deixar de fora esse ano

O ano de 2017 foi marcante para o marketing digital. Com o mercado cada vez mais disputado e o acesso à informação cada vez mais facilitado para os consumidores – o que transformou e muito o comportamento de compra – apostar em estratégias nas redes foi o ponto alto da maioria das empresas que conseguiram se destacar. E 2018 não será diferente.

Conversão de vendas; produção de vídeos para gerar leads qualificados; pós venda e aproximação de clientes são alguns exemplos de estratégias mais estudadas e desenvolvidas nos últimos anos.

Muitas ainda sofrem com a falta de investimento das empresas, mas não deixam de ser fundamentais no processo de conquista e retenção de clientes. Ainda mais no meio digital, que já contabiliza mais de 50% de toda a população mundial conectada. Desses usuários, cerca de 2.7 milhões acessam redes sociais, mostrando o real potencial do marketing de conteúdo.

Por mais que os dados sejam suficientes para comprovar a importância das marcas estarem presentes, muitas empresas ainda não despertaram o interesse em investir.

Mas as tendências de marketing digital para esse ano podem tornar as estratégias antigas mais otimizadas, além de trazer novas, que serão fundamentais para atingir o consumidor de forma eficaz.

Neste conteúdo você vai entender melhor quais serão as tendências de marketing digital para 2018, para futuramente incluir no plano de marketing da sua empresa.

A evolução do marketing digital no Brasil nos últimos 05 anos

O marketing digital passou por um processo rápido de constante mudança.

Até pouco tempo atrás, o Brasil vivia estagnado nas formas mais tradicionais da publicidade dentro da internet. O processo de mudança começou pelo marketing de conteúdo, quando o consumidor passou a ser mais exigente; buscando mais do que apenas preços e descrições, mas dicas que ajudam durante a tomada de decisões.

Foi nesse momento que as empresas começaram a se movimentar para fornecer mais informações, procurando dar mais autoridade às suas marcas e gerar mais confiança.

Era o início do que vivemos atualmente, onde as marcas que apostam no meio digital disputam constantemente a atenção dos consumidores.

Pode-se dizer que hoje é impossível que uma marca sobreviva apenas falando de si mesmo e do quanto ela é boa. Ela precisa conviver, interagir e desenvolver uma relação mais próxima com o público.

Nesses últimos 5 anos o mercado brasileiro teve que correr atrás de muitas técnicas do marketing de conteúdo, já que em outros países isso já estava bem mais desenvolvido. Os Estados Unidos, por exemplo, já havia despertado o interesse nessa forma de fazer marketing há mais de uma década.

O surgimento e crescimento do Social Media, as estratégias de otimização de SEO, as produções audiovisuais, o renascimento dos blogs, entre outras, foram estratégias que despontaram como tendências de marketing digital nos últimos anos, e acabaram se tornando pilares para os planos de comunicação e venda das marcas.

Mas chega de história, o momento agora é de apontar quais as maiores tendências para o ano, que serão estratégias importantes para os profissionais de marketing.

Tendências de marketing digital para 2018

Nada melhor que se preparar para o futuro do mercado analisando as melhores estratégias que estão por vir. Muitas empresas enxergam nesse tipo de conteúdo uma forma de se colocar a frente dos competidores, se adaptando o quanto antes para as mudanças.

Ainda mais em um ambiente que está ficando cada vez mais tecnológico. O digital está evoluindo constantemente e as marcas precisam encaixar nessas novas realidades o quanto antes.

Chatbots

O marketing digital, muitas vezes, fala muito sobre a humanização da relação entre o cliente e a marca. Um processo de compra do cliente deve ser acompanhado pela empresa, com ela sempre se mostrando presente para auxiliar o consumidor.

Mas é impossível estar presente em grande parte dessas interações. É exatamente por isso que os Chatbots existem. Eles já estão presentes em outros lugares, como os smartphones ou atendimentos por telefone, e agora são uma das tendências de marketing mais visadas para os próximos anos.

Os assistentes digitais estão chegando para fazer as marcas estarem 100% do tempo ativas. Você sabia que até 2020 as pessoas conversarão mais com os bots do que com outras pessoas? Isso só comprova o enorme potencial que essa tendência possui.

Realidade virtual e aumentada

Um dos tópicos mais falados nos últimos tempos, as realidades virtual e aumentada se tornaram referência para os apaixonados em tecnologia.

Além de transformar o cinema e os jogos digitais, essas tecnologias vão ser fundamentais na hora de produzir um conteúdo chamativo e diferenciado.

As possibilidades são diversas, principalmente se pensarmos em interatividade dentro das plataformas.

Um bom exemplo disso é o Facebook ter implementado o vídeo em 360°, que coloca o usuário no controle da câmera, podendo mudar o ângulo do que está sendo passado. Isso tudo acessível a todos, desde quem está vendo pelo celular, até quem possui um óculos de realidade virtual.

Social media search

O ponto base do objetivo de implementar estratégias de marketing digital é a pesquisa do cliente.

Desde sempre, os profissionais entendem a importância de colocarem as marcas bem posicionadas no momento em que o consumidor está pesquisando sobre um produto ou serviço.

Várias estratégias para otimizar SEO de sites, criação de blogs e até landing pages foram essenciais para manter os usuários a um clique das marcas. Porém, com o movimento crescente do social media, as redes sociais foram se tornando relevantes dentro dos buscadores.

E isso faz cada vez mais necessário a presença de um bom planejamento na hora de interagir com o consumidor nas redes sociais. Definir a forma de relacionamento dentro dessas plataformas pensando nas buscas futuras vai refletir mais ainda no alcance da marca.

Influenciadores digitais

Falar das tendências de marketing digital e não mencionar digital influencers é quase impossível.

Eles já são muito importantes para a multiplicação de interesse em produtos e serviços, e isso só tende a crescer.

Um ambiente onde o engajamento nas redes sociais gera uma maior relevância dentro das pesquisas, faz com que esses influenciadores tenham papel fundamental no momento de geral discussão e interação com a marca.

Big Data

Não é novidade que existem milhões de informações sobre o comportamento dos usuários dentro da internet. É na análise e compreensão desse grande volume de dados que o Big Data se encaixa.

Toda essa informação é obtida por análise de bancos de dados e controle de tráfego dos usuários. É um trabalho que exige muito entendimento, tanto que já existem empresas que realizam pesquisas especializadas em Big Data.

De 2018 em diante, o mercado irá aprender cada vez mais como ler e entender essas informações, podendo aplicar em novos posicionamentos de marca ou até em novos padrões de negócios.

Conteúdo em Vídeos

O vídeo já é um dos principais formatos de conteúdo disponíveis no mercado. Para trazer um pouco mais próximo da realidade do Brasil, o brasileiro assiste em média 15 horas semanais de conteúdo audiovisual na internet.

Se esse formato de conteúdo já tem essa relevância, ele tem tudo para se tornar mais importante ainda. Cada vez mais as plataformas incluem os vídeos como ferramenta principal de comunicação.

Além disso os sistemas estão cada vez mais simples e completos, já é possível iniciar transmissões ao vivo em diversas redes sociais por exemplo.

Sem contar a importância desse conteúdo no SEO, aumentando o tráfego e engajamento de landing pages e blogs. Isso tudo compactado em vídeos que, se apresentarem um plano de marketing e dedicação dos envolvidos, podem apresentar um custo benefício muito mais interessante que outras estratégias.

Com certeza em 2018 será possível ver vídeos que sejam muito mais interativos, experimentando novas dinâmicas e uma aproximação ainda maior do cliente com a marca.

3 pontos de atenção que sua empresa deve ter de 2018 em diante

Com as evoluções chegando no mercado, essas tendências de marketing digital vão impulsionar a forma de comunicação de inúmeras marcas. Porém, isso não pode fazer sua empresa perder o foco, principalmente no momento de ajustar os investimentos.

É comum as inovações de estratégias darem uma embaralhada na cabeça de muitos profissionais, especialmente em um mercado tão acirrado como o digital.

É preciso lembrar que o marketing continua sendo uma estratégia que exige solidez e continuidade, então existem três pontos importantes na hora de definir sua forma de investir:

1. Alcance orgânico das redes sociais

Apesar de serem os lugares com maior concentração de usuários na internet, as marcas já estão sentindo uma diminuição do alcance geral dentro das redes sociais.

Isso acontece por conta das mudanças de algoritmo que estão acontecendo, onde as plataformas estão tentando justificar o uso de posts patrocinados.

Os impulsionamentos dentro de redes sociais se tornaram uma forma ultrapassada de investimento, já as estratégias de marketing dentro das pesquisas orgânicas do Google podem ser bem mais aproveitadas.

Além de poder direcionar o consumidor para dentro de um ambiente controlado por você, a busca orgânica têm um alcance maior e mais efetivo.

Uma estratégia bem feita pode render uma grande quantidade de leads, além de conectar bem com os clientes na relação pós venda.

2. Investimento em mídias e AdWords de forma inteligente

A diminuição do alcance orgânico nas redes sociais é eminente. Por conta disso, os preços para investir em conteúdo nessas plataformas estão cada vez mais elevados. Investir nessas estratégias ainda é possível, porém isso precisa ser muito estudado.

Aposte em, empresas parceiras que podem auxiliar você a investir nessas ações de forma inteligente. Com o alto custo e plataformas muito disputadas é preciso entender com o mercado nas redes sociais está, para evitar grandes gastos.

Outra alternativa é apostar em AdWords, utilizando um canal de comunicação próprio, com conteúdo diversificado e um investimento em palavras-chave relevantes.

3. Vídeos são o futuro do marketing digital

Vídeos são uma tendência de marketing digital muito importante. Além de ser uma estratégia eficaz que pode ser realizados sem muito investimento.

Com o avanço da tecnologia dos smartphones por exemplo, é possível produzir vídeos com qualidade profissional pelos aparelhos móveis.

Mesmo com a queda do conteúdo orgânico nas redes sociais, os vídeos ainda são fortes dentro dessas plataformas. Principalmente depois do aparecimento das lives. Isso vale também para o conteúdo orgânico do Google.

É só pensar que mais de 74% do tráfego online é todo em produção audiovisual. Não produzir esse tipo de conteúdo pode comprometer a visibilidade da marca, além de dificultar conversões e retenção de clientes.

Esse conteúdo foi feito pela equipe de marketing da Vidmonsters. Caso queira conhecer mais sobre o vídeo marketing e seu potencial dentro da produção de conteúdo, clique aqui para acessar o blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *