SEO: nunca vi, nunca comi e nem ouço falar

Meus pais não fazem a mínima ideia do que eu faço no meu trabalho. Por mais que eu tente explicar, eles acabam se esquecendo e ora ou outra acabam me perguntando novamente. Eu não os culpo. Afinal, o universo digital é tão distante da realidade deles que seria maldade da minha parte tentar forçá-los a imergir nesse mundo.

SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, que em português significa “Otimização para Mecanismos de Busca”. De maneira simples, SEO é o conjunto de técnicas que são aplicadas em um site e que vão contribuir para melhorar o posicionamento desse nos motores de buscas como Google, Bing e Yahoo.

Entre os principais benefícios que o SEO pode trazer a um site/marca estão a expansão da sua relevância e autoridade na busca orgânica, aumento do tráfego e até mesmo de vendas. Mas o que é o SEO, em detalhes e na prática é assunto pra outro dia.

Esse texto não tem o objetivo de bajular minha área de atuação. Hoje, aqui, eu só gostaria de entender porque as Instituições de Ensino insistem em planos de ensino ultrapassados e por esse motivo, meus colegas de faculdade também não fazem a mínima ideia do que eu faço no meu trabalho. Eu não os culpo. Nunca tivemos sequer uma aula de Marketing Digital, quem dirá de SEO.

Na faculdade de Publicidade e Propaganda que cursei, eu aprendi que você só pode ser redator, designer ou planner. Se você quiser aprender sobre qualquer outra área é bom que você esteja disposto a aprender sozinho.

E ao longo da jornada de graduação eu descobri um mercado que está indo muito além, um mercado que estava cobrando muito mais do que eu estava aprendendo. Conheci um mercado carente. Eu não o culpo. Também somos alunos e profissionais carentes.

O que eu também não entendo é que quando essas mesmas Instituições precisam nos recrutar, elas estão lá, na busca orgânica, em anúncios em nossas mídias sociais, em campanhas de adwords ou em campanhas de remarketing que não param de nos perseguir.

O mundo mudou e o mercado de trabalho está mudando, mas o ensino ainda não. Precisamos aprender muito mais. É necessário avançar muito nessas questões. Novos alunos estão chegando com sede de conhecimento e merecem saber sobre o gigantesco universo digital. Esse é o nosso mundo, o nosso momento.

Os meus atuais e futuros colegas de faculdades precisam ter a mínima ideia do que eu faço no meu trabalho. Eles precisam ter a oportunidade de aprender sobre o que eu faço no trabalho.

Instituições de Ensino, enquanto eles não souberem, eu vos culpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *