Qual a importância de ler e interpretar corretamente as métricas de vídeo marketing

Os vídeos dominaram a internet de forma tão viral que os investimentos em produções audiovisuais aconteceram com muita fluidez para a maioria das empresas. Porém, a facilidade de ligar a câmera e gravar, não dispensa a necessidade de analisar corretamente as métricas de vídeo marketing.

Afinal, medir seus esforços, ainda que tudo que você tenha gasto foi um bocado de tempo e a bateria do seu celular, é primordial para entender se você está acertando ou errando.

Uma estratégia de vídeo marketing efetiva vai muito além de curtidas.

Vamos dar uma olhada em como metrifica-la corretamente?

Antes de metrificar é preciso definir objetivos claros

Definir seus objetivos com o uso do vídeo marketing – antes de mensurar os dados – é fundamental.

Gerar engajamento, gerar leads, promover sua marca no mercado ou conseguir vendas diretas: todos esses são exemplos de objetivos que você pode ter.

Tê-los pré determinados ajuda a manter o foco apenas nas métricas de vídeo marketing que importam para seu cenário. Garantindo que qualquer ajuste necessário será assertivo.

Por exemplo, em uma campanha de vídeos para o Facebook, se seu objetivo for promover sua marca no mercado, é fundamental se atentar para a quantidade de vezes que aquele conteúdo foi curtido e compartilhado, bem como o alcance gerado.

Por outro lado, se você soltou um vídeo com alguma oferta para gerar leads, mais importante que as curtidas será o tempo de vídeo visualizado (afinal, as pessoas precisam chegar até o CTA da oferta) e claro, o número de conversões final.

E aí, já definiu qual é o objetivo estratégico da sua campanha? Agora chegou o momento de analisar os resultados!

Quais métricas de vídeo marketing eu devo acompanhar?

Nenhuma estratégia de vídeo marketing bem sucedida termina sem uma análise profunda dos dados.

Não adianta criar um roteiro perfeito, produzir um vídeo profissional, divulgar em várias redes e simplesmente achar que acabou o trabalho.

Vamos listar para você os dados mais importantes a serem avaliados dentro das suas métricas de vídeo marketing:

Taxa de retenção

A taxa de retenção serve para aferir a média de tempo que o público realmente assistiu ao vídeo.

Para o formato audiovisual esse é um dos dados mais importantes de se analisar. Um vídeo é produzido para ser assistido – de preferência – por completo.

É esse dado que vai indicar se o caminho tomado na produção está correto. Quanto mais tempo o relatório indica, maior foi o envolvimento das pessoas com seu vídeo.

Por ser um formato atrativo, as pessoas estão acostumadas a dar o play em vídeos online. Para ser mais exato, 55% delas assistem vídeos todos os dias. Mas isso não quer dizer que esses usuários vão se manter assistindo.

Existem vários casos onde vídeos têm um alcance gigantesco mas mantém taxas muito baixas de retenção.

Isso acontece por falta de cuidado com o conteúdo e com a forma de apresentá-lo. O vídeo vai se tornando cansativo depois de alguns segundos e não consegue segurar o público por muito tempo.

Assinantes do canal

A taxa de assinantes do canal – ou de inscritos – é uma das métricas mais valorizadas, principalmente para as empresas que tem um canal no youtube. Afinal, é necessário manter uma audiência fiel à sua produção.

Atingir um bom alcance em um vídeo é importante para gerar movimentação dentro do seu canal. Só que desenvolver uma base de público que assiste o conteúdo com frequência é fundamental para ter seu conteúdo sempre assistido.

Quanto maior o número de pessoas recebendo seu conteúdo assim que ele é disponibilizado, melhor será a média de visualizações e engajamento do público.

Engajamento

As interações com seu vídeo mostram diretamente qual o impacto dele na vida do seu público.

Boa parte do engajamento pode ser entendido pela taxa de retenção.

Porém, existem outras formas de mensurar esse tipo de dado, como: número de curtidas; comentários; compartilhamentos e cliques em links da postagem.

Com essas funções de interação nas redes, unidas com o tempo de retenção do espectador, é possível concluir se o vídeo está adequado com sua audiência e entender qual o potencial de viralização que ele consegue atingir.

Taxa de abandono

A taxa de abandono mostra o exato momento em que o usuário parou de assistir ao vídeo.

Entender quando seu público deixou de assistir seu vídeo é imprescindível para aplicar otimizações futuras na produção.

Os espectadores podem sair de um vídeo por diversos motivos, sendo eles positivos ou não para seu objetivo estratégico.

Quando uma pessoa sai do seu vídeo, é porque ela clicou em algum link que você direcionou? Ou seu público está perdendo interesse em um momento específico do vídeo?

Essa taxa é quem vai responder essas perguntas. Portanto, não esqueça de considerá-la e colocar como prioridade na hora de avaliar seu resultado.

Alcance orgânico (compartilhamento)

Quer saber quão longe seu vídeo chegou dentro da internet? Então você precisa mensurar seu alcance orgânico, ou seja, quantas vezes ele foi compartilhado com outras pessoas.

Além de mostrar quais os vídeos têm um maior número de visualizações, com as taxas de alcance você pode extrair quais as redes sociais em que o compartilhamento rendeu mais views.

Isso é importante para você separar quais os conteúdos são mais “quentes” e qual rede social dá mais apoio a eles.

A análise dessa métrica de vídeo marketing te ajuda a compreender que tipo de conteúdo seu público considera relevante o suficiente para disseminar.

Tempo de carregamento dos vídeos

Como o próprio nome já diz, essa métrica irá mensurar em quanto tempo seu conteúdo está sendo carregado. Estudos indicam que vídeos que não carregam em até 2 segundos, são abandonados pelos espectadores.

Saber escolher uma boa plataforma para a hospedagem dos seus vídeos pode diminuir quase completamente a ocorrência desse caso.

Algumas plataformas são criadas em estruturas pesadas, que contém muita informação ou até propaganda antes do vídeo iniciar. Isso vai afastar muitos usuários do seu conteúdo, e apesar de ser um problema que não é exatamente da produção, o ideal é evitar.

Existem plataformas especializadas em vídeos que sabem da importância desse tópico e vão possibilitar acessos bem mais rápidos para seu público.

Dê mais atenção aos resultados

Agora que você entendeu a importância de saber analisar e interpretar suas métricas, não deixe de dar esse passo no desenvolvimento da sua estratégia.

Mesmo sendo uma etapa fundamental para otimizar seus vídeos, ela ainda é ignorada por muitos profissionais do mercado. Ou seja, é um ponto em diferencial que pode dar uma vantagem competitiva ao seu canal e ao negócio em geral.

Esse conteúdo foi produzido pelo time de marketing da VidMonsters. Quer saber mais sobre estratégias de vídeo marketing? Clique aqui e acesse o blog da VidMonsters.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *