5 dicas para humanizar o conteúdo de sua empresa

Um dos grandes desejos de uma marca é fazer com que seu público se identifique com ela, queira fazer parte daquele conceito e seja um defensor, um advogado daquela empresa. Um dos caminhos de aposta para aquelas que buscam esse objetivo é alcançar uma proximidade cada vez maior com seus consumidores, criar um verdadeiro relacionamento com eles.

E não há como negar: as redes sociais são solo fértil para criar esse relacionamento entre empresa e consumidor. Somos mais de 93,2 milhões de brasileiros fazendo uso de algum tipo de mídia social!

Mas só estar presente no Facebook, por exemplo, não é suficiente para aproximar o seu público. É necessário apostar em um conteúdo humanizado. É sobre isso que vamos falar nesse post! Continue lendo e pegue suas dicas 😉

Canal de relacionamento  

Você já parou para pensar em como nos relacionamos com as pessoas? Independente de qual relação for, tudo começa aos poucos. Ninguém se torna o melhor amigo de outro sem antes conhecer aquela pessoa, não é? E como isso acontece? De maneira gradual! É exatamente assim que marca e consumidor devem se relacionar nas redes sociais.

Imagine você conhece o amor da sua vida hoje e no mesmo instante já a pede em casamento. Parece loucura, não é? E é sim. Agora imagine uma marca que seja desconhecida por seus possíveis clientes no Facebook. As publicações da empresa seguem essa mesma ideia: “Somos a marca com o melhor software para gestão de pessoas, contrate-nos!”. Você a escolheria pelo simples fato de que ela diz ser melhor? Acredito que não.

É por isso que um dos principais objetivos de uma marca nas redes sociais deve ser o relacionamento. Com o conteúdo criado por sua empresa, ela será capaz de se relacionar cada vez mais e melhor com o seu público, fortalecendo sua autoridade e, quem sabe, até pedir o cliente em casamento.

Tenha carinho por seu conteúdo

É necessário que todos os conteúdos criados para suas redes sociais também tenham objetivos e sejam realmente valiosos. Ninguém gosta de consumir coisas irrelevantes e, quando isso acontece, deixamos de levar em consideração outros conteúdos que são da mesma fonte.

A atenção do seu conteúdo não deve se ater apenas nas palavras-chaves e no planejamento em si, mas em sua produção, no quão aquilo pode sanar as dores de alguém.

Mostre seu dia a dia

É muito comum vermos marcas nas redes sociais trabalhando um conteúdo corporativo. Algo como expliquei acima de apresentar aos consumidores apenas as soluções que a empresa oferece, sabe? Existem formas de mostrar tudo isso de um jeito mais leve e MUITO mais humano: com o day by day da empresa.

Já está claro que queremos criar relacionamento, certo? O dia a dia de uma marca pode ser interessante para intensificar os laços com consumidores, até porque uma empresa é formada por pessoas. Existe algo mais humanizado que isso?   

Interaja sempre!

Deixe de lado a formalidade. Estar nas redes sociais é lidar com pessoas. Por isso, converse com elas! É necessário responder quaisquer tipos de feedbacks que sua marca tenha nas mídias, seja perguntas, elogios, críticas. A relação aqui é de mão dupla e ninguém gosta de ficar falando sozinho.

Lembre-se de manter a mesma postura em cada tipo de feedbeck recebido. Comentários negativos devem ser respondidos e não ignorados, pois, acredite, a situação pode piorar com algo não respondido. Seja empático e se envolva de verdade com seu público. A conversa começa a fluir naturalmente depois! Outra dica: evite as respostas prontas e iguais para todo mundo. Humanizar significa trazer contato humano, mostre que a sua marca é composta por pessoas que se importam com você.

Pense em promoções e descontos exclusivos

Já que sua empresa está em um canal de relacionamento, nada mais interessante que oferecer uma vantagem exclusiva para quem conversa com ela. Uma pesquisa da Hi-Mídia realizada recentemente em parceria com a M. Sense revelou que 80% dos entrevistados (716 de todo o Brasil) se interessam por um produto apresentado por fanpages do Facebook. Já está na hora de calcular um bom desconto para seu fãs.

E aí, gostou das dicas? Lembre-se que nem todas as marcas precisam se posicionar dessa maneira, porque tudo depende de contexto. É preciso fazer um estudo de mercado, concorrência e até mesmo entre seus clientes para saber como irá funcionar a humanização de sua empresa.

Deixe aqui o seu comentário e até o próximo post! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *