4 coisas que você precisa saber antes de entrar nas redes sociais

Segundo a pesquisa Digital in 2016, da We Are Social, cerca de 45% da população Brasil é ativa nas redes sociais de alguma forma. Isso representa aproximadamente 90 milhões de usuários conectados nas redes consumindo conteúdo de todo o tipo, formato e valor.

Baseado nos dados acima, não é loucura dizer que a sua marca pode atingir um alcance muito grande se marcar presença nas redes sociais, não é? Mas antes de sair criando um perfil da sua empresa para cada rede social, você precisa entender um pouco desse universo e conhecer profundamente o seu público.

Pensando nisso, vamos abordar nesse conteúdo alguns pontos essenciais que você precisa levar em consideração antes de se aventurar nas redes sociais.

Os temidos algoritmos

Não há um social media que não reclame dos famosos algoritmos sociais. Mas antes de sair jogando pedra nos coitados, é importante compreender como eles funcionam.

Imagine se você recebesse todos os conteúdos dos seus mais de 600 amigos no Facebook? Ou visse todas as fotos que seus amigos postam no Instagram? Certamente esse seria um volume muito grande de informações e você não conseguiria nunca acompanhar a sua timeline. Além disso, com certeza você veria constantemente aquelas publicações que não tem muito haver com o que você procura.

 

Para acabar com esses problemas é que as mais populares redes sociais utilizam os algoritmos de entrega. Eles consistem em uma série de códigos baseados em inteligência artificial que funcionam como fórmulas para mostrar a cada usuário aquilo que lhe parece ser interessante. Instagram, Facebook, YouTube e diversas outras plataformas sociais contém algoritmos.

Aqui já entramos em um ponto interessante: a relevância do conteúdo. Se você vai entrar nas redes sociais, precisa compreender o que o seu público principal gosta para fazer um conteúdo relevante. Assim, a chance de ele ser entregue de forma orgânica é bem maior.

Conheça seu público!

O público-alvo é essencial para que você possa elaborar uma estratégia de marketing de conteúdo assertiva. Isso porque é preciso conhecer com afinco com quem você está querendo gerar uma relação. Conhecendo, você entenderá suas dores, anseios, desejos e comportamentos.

Essa é uma das formas mais eficientes de “driblar” os algoritmos: você vai adaptar seu conteúdo de acordo com o seu público, com mais chances de aparecer nas redes sociais de quem lhe interessa e com aquilo que eles querem ver.

Mas você sabe quais são os interesses, comportamento e dados demográficos do seu público-alvo? Sabe se seus clientes se interessam mais por entretenimento que notícias de um portal?

Por isso, antes de começar a atuar nas redes sociais, é muito importante que você construa as personas da sua marca. Se você não sabe o que são as personas ou precisa de algumas dicas para criá-las, você deve ler esse post aqui

Abaixo estão alguns pontos que você deve considerar ao criar sua persona:

Pense em quem são seus clientes atuais

Se você já está no mercado, faça um levantamento dos seus clientes atuais e analise o perfil deles. Eles possuem alguma espécie de padrão? Por que eles compram de você? Qual é a idade e sexo predominante? De onde eles são? Com que frequência compram seus produtos?

Baseado nessa primeira reflexão, você poderá avaliar se atualmente você já está atingindo o público do seu interesse ou se precisa expandir seu campo de atuação. Essa informação será essencial para discernir que tipo de conteúdo você irá produzir.

Dê uma olhadinha na concorrência

Se você possui concorrentes diretos e indiretos atuando nas mídias sociais, dê uma olhadinha no que eles andam fazendo. Que tipo de conteúdo tem gerado mais engajamento? Qual estratégia eles estão usando? Mas atenção: nunca copie o que seu concorrente está fazendo! Além de ser antiético, você deve criar a sua própria estratégia.

Onde meu público está?

Identifique as principais plataformas digitais que seu público-alvo utiliza para se manter sempre informado com aquilo que gosta. Pense: onde meu público-alvo busca por informações relevantes para o que posso oferecer?

Faça conteúdos relevantes

Podemos dizer que conteúdo é tudo aquilo que vemos por aí: a foto de um amigo no Instagram é conteúdo, a receita que sua tia compartilhou no Facebook marcando a família inteira também.

Por isso, para destacar a sua empresa em meio a um mar de conteúdos, e importante fazer marketing de conteúdo (sim, é diferente!). Marketing de conteúdo significa estratégia, adequação de temas, conhecimento profundo do público-alvo e mensuração de resultados. Fazer marketing de conteúdo não é fácil, mas é possível.

Pense no que o seu público gostaria de ver na sua página, em como você pode sanar as dores dele por meio de cada rede social. Por que ele seguiria você? Planeje pautas que gerarão engajamento e que são esteticamente agradáveis.

Outro ponto muito importe é ser original. Copiar conteúdo: jamais

Contra dados, não há argumentos. Então mensure tudo!

Se você acha que a presença nas mídias sociais se resume a postar conteúdo, está muito enganado! Você precisa mensurar os resultados de tudo o que você faz despertado gerado mais interesse, que tipo de conteúdo gerou mais conversão, reavaliar o perfil do público.

Só assim você conseguirá melhorar a cada dia o seu conteúdo, impactar quem você precisa e atingir seu objetivo, seja ele qual for.

Existem várias plataformas pagas e gratuitas de mensuração. A grande maioria das redes sociais já apresenta uma espécie de dashboard com informações muito úteis. Basta pesquisar e correr atrás!

 

Espero que esse conteúdo tenha sido relevante pra você! Gostou? Então deixe seu comentário aqui embaixo 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *